GARANHÃO COMPLETO – O IDEAL DA SELEÇÃO

O garanhão tem importância bem maior do que a égua, porque produz um grande numero de produtos por ano, especialmente através da técnica da Inseminação Artificial. Cada ejaculado de um garanhão de boa fertilidade é capaz de fecundar de 6 a 8 éguas. Ao contrário, aséguas, mesmo sendo doadoras de embriões, produzem uma média de 3 a 4 produtos por ano. Os ovários da égua não respondem positivamente aos hormônios estimulantes da ovulação, como ocorre em várias outras espécies de animais domésticos.

Existem vários métodos de seleção. Um dos melhores, senão o melhor, é a Seleção Integral, ou seja, como o próprio nome diz, um método pelo qual o criador seleciona ao mesmo tempo todas as caracteristicas desejáveis. Ao contrário, poderia selecionar por etapas como, por exemplo, em primeiro lugar fixar o andamento, em seguida a conformação, ou o inverso.

Muitos programas de seleção são mal sucedidos porque utilizam garanhões de mérito zootécnico baixo ou mediano. Qualquer programa seletivo que almeja o alcance de resultados positivos, seja no avanço do melhoramento zootécnico, ou dos resultados econômicos, deve usar garanhões completos. Mas afinal, quais são os pré-requisitos para alcançar esta classificação de mérito zootécnico superior?

1 – Pedigree de mérito zootécnico superior: Ja foi explicado no próximo artigo. A genética é o alicerce para a produção de elevada qualidade e, o mais importante, consistente, com média. O mérito produtivo de um garanhão que produz poucos produtos excelentes, muitos medianos e muitos fracos, não é satisfatório. Em toda raça existem vários exemplos destes garanhões, que se tornam notórios, seja através de poucos filhos (as) bons, dos valores elevados das vendas destes filhos (as), a força da mídia, ou dos Campeonatos Nacionais, muitos dos quais injustos. O que se reveste de ineresse zootécnico e econômico para o selecionador é a consistência da média qualitativa de produção, indicada pelo numero expressivo de produtos a serem anualmente selecionados para a reprodução. A referência é a própria média de qualidade do valor zootécnico dos genitores. O filho (a) deve apresentar média igual ou superior à média de qualidade dos pais. A capacidade do garanhão em melhorar os defeitos das mães também é marca dos autênticos raçadores.

2 – Conformação padrão Exposição Nacional: Antigamente, a valorização maior era para o grande porte. Em seguida, o enfoque principal foi a expressão racial, que teve duas fases, a primeira, da cabeça exageradaemente grande e de perfil de chanfro acentuadamente convexilineo, a segunda, da cabeça melhor proporcionada e de perfil de chanfro suavemente convexilineo. Atualmente, a valorização é do biótipo funcional. Portanto, a conformação de um garanhão completo deve aliar estas duas virtudes – expressão racial e biótipo funcional. Um garanhão completo não pode ser medianamente conformado.Deve ser possuidor de conformação competitiva em Exposição Nacional.

3 – Andamento Padrão Concurso de Marcha: Se o garanhãoo é possuidor de marcha competitiva, certamente herdou de um ou mais ancestrais. De acordo com estudos deste autor, a herdabilidade da dissociação e do estilo, que estão entre os principais parâmetros de avaliação da marcha, é de média a alta. Se o garanhão é possuidor de Morfologia Padrão Expo. Nacional, mas a marcha é medíocre, seerá necessária a escolha de éguas de marcha Padrão Concurso de Marcha. Mesmo assim, um número significativo de seus filhos (as) ainda serão portadores de marcha medíocrre, ou pelo menos mediana. O pré-requisito para uma
evolução real da raça Campolina é o rigor funcional dos programas seletivos dos criadores da elite. Poucos são aqueles que se preocuparam em priorizar a genética da marcha. Como resultado, um numero significativo de potros e potras que foram Campeões Nacionais ao cabresto vêm apresentando desempenho medíocre quando montados, porque a marcha é medíocre.

4 – Premiações: Um garanhão completo é Campeão de Raça e de Marcha nas principais exposições. Todavia, se o garanhão foi Campeão somente em exposições regionais, de menor competitividade, geralmente não será capaz de transmitir aos filhos (as) a conformação padrão Exposição Nacional, porque não é possuidor deste diferencial.  Mas há exceções à esta regra. Casos ja ocorreram, em várias raças, de reprodutores que jamais sagraram-se Campeões Nacionais, mas produziram numero significativo de produtos Campeões Nacionais. As causas podem ser outras, não relacionadas diretamente com a qualidade do biótipo, tais como: temperamento impróprio para apresentações em pista, lesões, andamento deficiente.

5 – Temperamento: Esta é uma qualidade que deveria ser mais valorizada nos programas de seleção. O mau temperamento, seja no seu grau máximo de índole ruím, ou em graus medianos de comportamento inquieto,  é uma das deficiências da raça Campolina. Temos vários casos de garanhões deíndole ruím que produziram inúmeros filhos (as) portadores deste mesmo defeito. Em se tratando de uma raça com aptidão para passeios e cavalgadas, este é um defeito ainda mais grave. São animais rejeitados pelos usuários. O mau temperamento também afeta a treinabilidade, dificultando várias etapas especializadas do manejo, tais como o casqueamento, ferrageamento, doma de sela, condução ods exercícios de condicionamento físico, treinamento e apresentação e julgamentos.

6 – Fertilidade: Esta é uma caracteristica que precisa ser melhorada na raça Campolina. Também não recebeu pressão de seleção. Como resultado, o numero de produtos por égua é dos mais baixos entre todas as raças equinas. Vários reprodutores são sub-férteis, a maioria devido às anormalidades testiculares. O sêmen de város outros não suporta congelamento e nem tão pouco o resfriamento, dificultando a inseminação artificial. Da boa fertilidade depende, principalmente, o sucesso econômico da criação.

7 – Produção Comprovada: Esta á a prova final de que um garanhão é completo, a capacidade de gerar filhos (as) Campeões de Raça e Andamento. No caso dos Campeões de Raça, não basta apenas que as notas de Morfologia sejam boas, as de Andamento também. Caso contrário, futuramente, não serão Campeões em Concursos de Marcha. O objetivo maior de qualquer selecionador é produzir um garanhão raçador, ou seja, aquele que demonstra prepotência em marcar uma prole de campeões com suas características.
<< Home